A Sony terá um serviço de assinatura aos moldes de um “Game Pass”?

Serviços de assinatura de jogos tem ganhado força nos últimos tempos, como os serviços da Microsoft e da EA Games.

A Netflix não foi a primeira empresa que apresentou um serviço de assinatura em troca da disponibilização de um catálogo de conteúdo de entretenimento – no caso filmes e séries, em sua maioria -, mas certamente foi a empresa que popularizou essa modalidade de negócio.

Certamente como era de se esperar, não demorou muito para outras empresas criarem ou expandirem seus próprios serviços de streaming: HBO GO, Amazon Prime, Hulu Plus, Disney+, e várias outras foram apresentando-se como concorrentes e como novas opções dentro desse mercado de streaming de vídeo.

As gigantes do streaming.

Diante deste novo cenário no mercado de entretenimento, era comum esperar que surgisse algum serviço semelhante dentro da indústria de jogos. E foi em 2014 que a EA Games lançou seu serviço de assinatura focado em disponibilizar um catálogo de jogos por um valor mensal, o EA Access. Disponibilizado primeiramente na plataforma da Microsoft, o Xbox One, apenas recentemente, já em 2019, que o serviço tornou-se disponível no PlayStation 4, da Sony. A assinatura traz vantagens como acesso antecipado a jogos, demos exclusivas, e descontos. Não muito tempo depois, a empresa lançou um serviço semelhante para PC, batizado de Origin Access.

Jogos oferecidos pelo EA Access.

Já em 2017, a Microsoft lança seu próprio serviço de assinatura de jogos, o Xbox Game Pass, que se torna um enorme sucesso, trazendo também jogos desenvolvidos por várias outras produtoras. Hoje em dia o serviço conta com mais de 250 jogos, e recebe adições periódicas. Em abril deste ano, a Microsoft anunciou o lançamento do Xbox Game Pass Ultimate, que permite a junção dos serviços Xbox Game Pass e Xbox Live Gold em apenas uma assinatura.

Xbox Game Pass, da Microsoft.

A Sony, por sua vez, possui os serviços de assinatura PlayStation Plus, obrigatório para jogar online, mas que permite também o acesso à funcionalidades premium, como o acesso antecipado à jogos, descontos periódicos, 2 jogos gratuitos por mês, e mais uma série de vantagens; e temos também o serviço PlayStation Now, focado no streaming de jogos de PlayStation 2, PlayStation 3 e PlayStation 4.

Lançado em 2015, o PlayStation Now ainda necessita de desenvolvimento para atender as exigências do mercado e ao mesmo tempo bater de frente com seus concorrentes. O catálogo do serviço conta com algo em torno de 700 jogos, uma quantidade considerável, mas o problema é que a grande maioria que compõe estes jogos é esquecível e sem expressão alguma, tendo jogos como Alien Spidy, Gem Smashers e Kung Fu Rabbit. Um dos maiores títulos da Sony por exemplo, The Last of Us, está disponível apenas na versão PS3, e não o Remaster para PS4. Outros grandes títulos como Bloodborne, Until Dawn, God Of War III: Remastered, estão disponíveis no serviço, mas não demora muito para perceber que estes e muitos outros títulos são jogos que já foram disponibilizados através da PlayStation Plus, serviço obrigatório para jogar online.

PlayStation Now, serviço de streaming de jogos da Sony.

Com a crescente onda de serviços de assinatura de jogos – há também os serviços Discord Nitro e GeForce Now, focados no PC Gaming -, é de se esperar que a Sony busque uma reestruturação do seu serviço de assinatura ou que até mesmo lance outro. O PlayStation Now está disponível hoje em 19 países, e o Brasil não está incluso na lista. Com muitos títulos inexpressivos e foco no streaming de jogos (talvez caiba aqui um reposicionamento da marca), o serviço é ofuscado pelos concorrentes, que combinam valores atraentes de assinatura com grandes jogos atuais, inclusive utilizando-se de descontos e ofertas para incluir jogos lançamentos AAA.

A pergunta, à esta altura, não é “se” a Sony desenvolverá ou ampliará seu serviço de assinatura de jogos, mas “quando”. Pelo andamento das coisas, acredito que estamos bem próximos de novos anúncios neste sentido.

Escrito por Giovanni Ferreira

Nascido no início dos anos 90, jogador desde a infância. Leitor de HQs desde os 10 anos de idade. Atualmente publicitário, Mestre em Comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: