Death Stranding tem gameplay de quase 1 hora.

O dia chegou! Finalmente o Kojima cumpriu sua promessa e exibiu um gameplay de quase uma hora de Death Stranding durante a Tokyo Game Show 2019. A gameplay foi recheada de exibição de mecânicas e do sistema de combate do game.

O gameplay começou com o protagonista, com visuais e atuação baseados no ator Norman Reedus , preparando a vestimenta e equipamentos para uma missão. Há um ligeiro diálogo em japonês entre personagens e Hideo Kojima faz comentários enquanto navega no que parece ser o inventário do personagem.

Neste primeiro momento, ele ajusta os equipamentos do personagem e mostra como o “sistema de entregas” vai funcionar. O jogador poderá escolher as cargas que carregará consigo e o peso dessas entregas afetará diretamente a energia e velocidade do protagonista.

Após uma elipse, o jogador surge no campo, já a caminho do objetivo. Após uma ligeira demonstração no sistema de equipamentos do personagem, que agora veste um óculos escuros e um boné, Norman está num rio e precisa atravessá-lo e isso não parece ser tarefa fácil, visto que é rapidamente tomado pela correnteza; felizmente se recuperando e conseguindo atravessar o rio. 

Posteriormente, depois de uma caminhada, o protagonista se senta no chão e começa a tocar algo semelhante a uma gaita e interage com o bebê.

Pancadaria furtiva

Ao se aproximar no que aparenta ser uma base inimiga, o protagonista rapidamente chega na área e começa a abater os NPCs pelas costas e interage com caixas contendo loot.

Infelizmente — ou felizmente — o jogador é flagrado por um comboio inimigo e precisa utilizar mecânicas de combate. Nesse caso, foi utilizada uma arma não letal que derrubava os inimigos enlaçando-os com cordas eletrificadas. 

Posteriormente, Norman demonstra a capacidade das ferramentas encontradas e do exoesqueleto equipado. Corre atrás de um carro em movimento, alcança-o e toma a direção; mas o veículo é danificado e não pode mais se mover depois de receber dano dos inimigos.

BTs por todo lado!

Após uma outra elipse, o jogador se encontra no meio de vários BTs e decide utilizar a mesma arma elétrica contra eles, mas é pego no processo e arrastado até uma fera gigante — já apresentada em trailers anteriores. 

O cenário é completamente mudado durante a batalha e Norman consegue derrotar o chefe utilizando granadas de diversos tipos e desviando de projéteis e investidas.

Por fim, após um banho numa substância laranja e aparentemente quente, o protagonista encontra uma moto e acaba acelerando o processo de entrega. Chega em outra base, deixa as caixas em um terminal e outra cena acontece.

Na gameplay temos também o destaque para preparação do personagem, mapa, colaboração, customização, movimentos, cargas, armas e conexões.

  • Preparação é fundamental: você pode e deve organizar os equipamentos que desejar levar a cada jornada de maneira meticulosa, já que o peso deles afeta diretamente seus movimentos e pode te prejudicar;
  • Marque seu caminho: o jogador poderá traçar suas próprias rotas pelo mapa, sem ter, necessariamente, que seguir um caminho. Além disso, poderá criar pontes, usar escadas e escalar quando precisar;
  • Você não está sozinho: essa talvez tenha sido a grande novidade do gameplay: enfim, o Social Strand System tão falado por Kojima apareceu, com likes, plaquinhas e itens de um jogador aparecendo no mapa de outro. Ainda não há detalhes específicos de como a interação vai funcionar, mas parece promissora;
  • Relaxe: a jornada é longa, então é preciso cuidar de Sam. Sentar e descansar, usar um banheiro, interagir com o BB, recarregar as baterias. Tudo isso ajuda;
  • Corra: veículos diferentes, como uma moto e um carro roubado dos Homo Demens, têm destaque no vídeo. Além disso, vimos que Sam pode correr bastante e até dar uns saltos bem ousados. Isso será útil em muitos momentos;
  • Skate: essa é só uma curiosidade mesmo, mas vimos que aquele carrinho que carrega o que Sam precisa entregar também pode ser levar o próprio personagem, tipo um skate;
  • Combate: stealth para derrotar um Homo Demens, armas para atirar nos BTs (algo que ainda não tínhamos visto) e granadas para acertar um Leão BT doido. Sim, terá combate em Death Stranding, e ele parece bem interessante também;
  • Conexões: mas, no fim das contas, é tudo sobre as conexões. Ir às cidades e conectar o povo à Chiral Network. Seu objetivo é esse: reconectar a América. Já havíamos visto um exemplo na Gamescom, com o personagem de Geoff Keighley, e agora vimos mais detalhes de como isso vai funcionar.

Escrito por mayckonfleshbonez

Mayckon é gamer desde os tempos do Atari,passou sua vida lendo Ação gamers e se descobrindo no universo dos jogos,passou pela geração do SNES,DreamCast,Xbox360,Playstation 1,2,3 e recentemente o 4,como produtor cultural se desenvolveu nas áreas de vídeo edição e Designer, possui um Blog voltado para danças(StreetDance)onde se desenvolveu através da media informativa e junto com a equipe NaçãoPs4Brasil se dispõe a trazer conteúdos neste radical mundo dos Gamers.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: