FIFA 20 domina mercado Europeu em 2019

Não gosta de jogo de futebol? Que pena, já é o terceiro ano na frente.

A GFK, empresa que recolhe, analisa e disponibiliza os dados vendas de jogos na Europa, anunciou essa semana quais foram os jogos em formato físico mais vendidos da Europa durante 2019.

Pelo terceiro ano consecutivo, FIFA levou a melhor em território europeu. O mais recente título do jogo de futebol da EA Sports, FIFA 20, foi o jogo mais vendido da Europa em 2019. Em segundo e terceiro lugar ficaram Call of Duty: Modern Warfare e Mario Kart 8 Deluxe para a Nintendo Switch, respectivamente.

É impressionante que Mario Kart 8 Deluxe tenha conquistado esta posição devido a só estar disponível para uma única plataforma.
Jogos como FIFA e Call of Duty estão sempre disponíveis para múltiplas plataformas, o que em termos de vendas é muito mais vantajoso quando falamos em número de vendas.

Os dados da GFK englobam países como Portugal, Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Itália, Polónia, Bélgica, Áustria, Dinamarca, Finlândia, Suécia, Suiça e Holanda.

Numa era em que o formato digital é tão forte, seria curioso saber se as vendas em formato digital correspondem aos mesmos resultados aqui apresentados.

Quem aí quer jogar uma partidinha?

Sigam nossas Redes Sociais!

Evento em Monster Hunter convoca jogadores

Evento ocorre no final do mês.

Monster Hunter World comemorará o seu segundo aniversário dentro de uma semana e a Capcom quer celebrar com os jogadores.

Será em 26 de Janeiro que Monster Hunter World cumprirá dois anos de vida e é mais um grande motivo de festa para celebrar, além da chegada da expansão Iceborne ao PC.

As vendas alcançadas já o tornaram o maior sucesso da Capcom e agora, todos os jogadores, em todas as plataformas, vão poder participar das próximas festividades.

Sejam convidados especiais, novos itens, novas opções cosméticas via Layered Armor ou celebrações únicas, Monster Hunter World está pronto para comemorar contigo estes longos meses de sucesso.

Fonte: Eurogamer

Sigam nossas Redes Sociais!

Horizon pode sair para PC em 2020

Perder a exclusividade será um problema?

O exclusivo Horizon: Zero Dawn do PlayStation 4 poderá chegar aos computadores este ano, disseram fontes ao Kotaku.
É uma iniciativa sem precedentes para a Sony que sinaliza um futuro em que a editora lança jogos para plataformas além de seus próprios consoles.

Esta notícia vem de três pessoas familiarizadas com os planos da Sony, todas falando anonimamente porque não estavam autorizadas a falar com a imprensa. A Sony não respondeu imediatamente a um pedido de confirmação.

Horizon: Zero Dawn é um jogo de mundo aberto ambientado em uma versão pós-apocalíptica dos Estados Unidos que foi invadida por dinossauros robóticos, lançada para o PS4 em fevereiro de 2017.
Foi aclamada pela crítica e teve sucesso comercial para seu desenvolvedor, Guerrilla Games, que pertence e é operado pela Sony. E, como outros jogos publicados pela Sony nas últimas duas décadas, era exclusivo para o console PlayStation, ajudando a impulsionar as vendas da Sony, além de gerar receita por conta própria.

Agora, três anos depois, Horizon estará em outra plataforma pela primeira vez. Será o primeiro jogo do Guerrilla em uma plataforma não-PlayStation desde que a Sony comprou o estúdio com sede na Holanda em 2005. Também será uma oportunidade para a Guerrilla mostrar suas habilidades técnicas. Horizon: Zero Dawn, que foi restringido pelo hardware do PlayStation 4 , bloqueando em uma taxa de 30 quadros por segundo.

Este poderá ser o primeiro grande jogo exclusivo de um desenvolvedor da Sony a chegar ao PC. Death Stranding, lançado para o PS4 em novembro passado e também chegará ao PC ainda este ano, foi financiado e publicado pela Sony, mas desenvolvido por um estúdio independente, a Kojima Productions. (De fato, a versão para PC de Death Stranding é publicada por uma empresa diferente, a 505 Games.) O estúdio francês Quantic Dream, também independente, teve um acordo semelhante no ano passado, publicando seus jogos Heavy Rain, Beyond: Two Souls, e Detroit: Become Human no PC sem o envolvimento da Sony.

Outra coisa que Death Stranding e Horizon: Zero Dawn compartilham é a tecnologia, ambos os jogos rodam no Engine da Guerrilla, um conjunto robusto de ferramentas e software para a criação de videogames em mundo aberto. A Guerrilla e a Kojima Productions trabalharam juntas nos últimos anos.

Para a maioria dos editores, o lançamento de um jogo no PC não seria grande coisa já que a maioria das empresas de videogame tenta colocar seu software no maior número possível de plataformas, mas para a Sony, este é um movimento notável. Desde o lançamento do PlayStation 1 em 1994, praticamente todos os jogos financiados e desenvolvidos pela Sony são exclusivos de uma plataforma PlayStation. (Os jogos online multijogador massivos para PC da Sony, incluindo o EverQuest, são a principal exceção.) A estratégia da Sony sempre foi impulsionar as vendas de hardware com software e vice-versa.
É de se esperar que eles adotem a mesma abordagem com os jogos futuros do PlayStation 5, que serão lançados ainda esse ano.

Mas, como o analista Mat Piscatella apontou com inteligência, o futuro dos videogames está nos ecossistemas, não nas plataformas. O maior concorrente da Sony, a Microsoft, tem sido mais aberto com relação à sua estratégia independente de plataforma, com o chefe do Xbox Phil Spencer falando frequentemente sobre querer colocar seus jogos no maior número possível de mãos.
Nos últimos dois anos, a Microsoft lançou todos os seus jogos Xbox no PC também.
A Sony seguirá o exemplo com sua própria lista de exclusivos da PlayStation? A próxima porta para PC da Horizon pode ser um sinal revelador.

Fonte: Kotaku

Sigam nossas Redes Sociais!

Dead Island 2 continua vivo!

Ainda há esperança para quem está tanto tempo esperando, Dead Island 2 continua em desenvolvimento.

Desde o anúncio em Junho de 2014 que continuamos a espera de informações concretas sobre Dead Island 2 e estas continuam a não surgir, o que motiva notícias anuais a confirmar que ainda poderá ser lançado.

Cumprindo com a tradição, temos a edição de 2019 para a notícia “Dead Island 2 está vivo” pois foi isso mesmo que a Koch Media confirmou em conversa com o Games Industry.

Klemens Kundratitz, CEO da Koch Media, diz que a qualidade final de Dead Island 2 é muito mais importante do que notícias sobre o jogo já ter passado pela mão de três estúdios.

“Olha, Dead Island é uma marca muito importante para nós e temos de acertar nisto. É apenas um testemunho da nossa dedicação para acertar.”

“É uma boa história contar a todos que está no terceiro estúdio, mas gostamos de ser julgados pelo resultado final e estamos altamente confiantes que quando chegar, será um jogo muito divertido. Certamente vamos dar-lhe todo o nosso poder.”

A Techland começou o desenvolvimento de Dead Island 2, mas cerca de um ano depois, o jogo passou para as mãos da Sumo Digital. No entanto, em Agosto deste ano, foi confirmado que a Dambuster Studios está encarregada da produção do jogo.

Se a qualidade do jogo for proporcional ao tempo dedicado, será uma jornada bastante interessante de participar quando lançar… se lançar.

Fonte: Eurogamer

Sigam nossas Redes Sociais!


Novo controle do PS5 revelado em patente

Detalhes dão a entender um controle mais robusto e sem a lightbar.

O controle do PlayStation 5 poderá ter sido descoberto através de uma nova patente.

Ao longo dos últimos meses, a Sony Interactive Entertainment tem submetido diversas patentes e a mais recente poderá ser o primeiro vislumbre do comando que acompanhará o seu futuro console: o Dualshock 5.

Mark Cerny, arquiteto principal do PS5, já confirmou que o controle com gatilhos adaptáveis e feedback háptico, o que elevará o feedback que recebes dos teus jogos. Além disso, a SIE divulgou informações que sugerem uma versão remodelada do atual DualShock 4.

Toshi Aoki da SIE confirmou que o DualShock 5 será mais pesado do que o atual DS4 usado no PS4 e agora, nesta nova patente descoberta temos um primeiro olhar ao que a SIE está pensando para o seu comando de nova geração.

Tal como disse o Wired quando obteve acesso ao protótipo do DualShock 5, é um comando altamente similar, mas com algumas diferenças. Esta patente mostra isso mesmo, gatilhos maiores, ausência de barra de luz e entrada USB na traseira, analógicos mais pequenos e o que parece ser o motor para o novo feedback por toque.

Isto parece corresponder a um comando com melhorias e diferenças, mas altamente similar.

1

Fonte: Eurogamer

Sigam nossas Redes Sociais!

RDR 2 rodando a 1440p no Google Stadia

Desempenho é semelhante ao dos consoles atuais e não surpreende tanto.

Apesar de ainda não ter data para chegar ao Brasil, o Google Stadia estará disponível dentro de horas em 14 países, que vão conhecer o serviço de streaming de jogos do Google.

Após colaborar com diversas editoras e estúdios, o Google assegurou 22 títulos para o lançamento do Stadia, apresentando uma lista que inclui alguns dos mais populares nomes da atualidade, como Red Dead Redemption 2.

Red Dead Redemption 2 roda no Google Stadia, segundo descoberto pelo Digital Foundry, numa resolução de 1440p, apesar da Chromecast Ultra enviar um sinal de 4K para a televisão.

Ao jogar o mais recente épico da Rockstar Games no Google Stadia, o jogador terá 1440p a 30fps por segundo, com definições altamente similares às da Xbox One X, mas o Digital Foundry espera ter comparações mais detalhadas em breve.

Outro jogo testado foi Destiny 2, que corre numa resolução de 1080p convertida para um sinal a 4K, mas a 60 fps por segundo.

Aparentemente não é algo tão novo ou surpreendente como muitos esperavam.

Fonte: Eurogamer

Sigam nossas Redes Sociais!